Seja bem-vindo ao Madelyn Cline Brasil, sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Madelyn Cline. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Somos um fã site não-oficial, sem fins lucrativos e não possuimos qualquer ligação com Madelyn Cline, sua família ou seus representantes. Esperamos que goste e volte sempre!
05.12.20

Por Hunger Magazine (23 November 2020).

Um talento em ascensão conhecido inicialmente por papéis em programas de TV como The Originals e Stranger Things, bem como o drama contundente Boy Erased, a estrela de Madelyn Cline disparou este ano com o lançamento do drama adolescente Outer Banks da Netflix.

Abandonando a tarifa mais leve normalmente associada ao gênero adolescente para abordar tópicos como conflito de classes, bem como o mistério de um assassinato, a série viu Madelyn flexionar seus músculos de atuação como a Sarah de espírito livre. Esse papel principal apresentou a atriz de 22 anos a um público totalmente novo, mas foi sua personalidade prática – muitas vezes exibida em vídeos engraçados em sua página do Instagram, que agora tem seis milhões de seguidores – que lhe rendeu uma legião de fãs.

Agora filmando a segunda temporada de Outer Banks, Madelyn também está comemorando o recente lançamento de The Giant: um thriller psicológico contundente exibido pela primeira vez no Festival Internacional de Cinema de Toronto. Um filme independente de um diretor estreante, a paixão derramada no projeto brilha por meio de tomadas artísticas e cinematografia – bem como as performances convincentes de Madelyn e sua co-estrela australiana Odessa Young. 

Abaixo, temos os detalhes de The Giant, o amor de Madelyn pelo cinema independente e como é voltar a filmar Outer Banks

Como 2020 foi para você?
2020 tem sido um motivo para me encontrar na seção de vinhos. Mas com toda a seriedade, tem sido a combinação mais estranha de pontos altos e graves baixos. Estou extremamente grata pelo que foi trazido para mim este ano.

Você descobriu algo novo sobre você este ano?
Eu nunca vou aceitar ser capaz de sair e fazer literalmente qualquer coisa que eu queira, nunca mais.

Você largou a faculdade para continuar atuando, o que lhe deu coragem para fazer isso?
Acho que ingenuidade, para ser honesta. Eu não sabia o suficiente sobre estar sozinha para perceber o peso desse tipo de mudança de vida. Também foi uma corrida para sair e dirigir por todo o país, então a realidade ainda não tinha se estabelecido.

Qual foi o ponto alto da sua carreira até agora?
Definitivamente, poder viajar e trabalhar em locais diferentes. Eu amo não ficar no mesmo lugar por muito tempo.

Parece que sua carreira só continua crescendo, como você se mantém firme?
Estou cercada de pessoas com os pés no chão e que vêm de todas as partes, com origens e formações diferentes e eu realmente valorizo ​​isso. Nós nos apoiamos e nos responsabilizamos. Não nos deixamos não dar valor às coisas.

E como você entra no personagem para um papel?
Tento me situar nas circunstâncias dadas pela escrita. Eu faço o meu melhor para ter empatia com meu personagem, concordando ou discordando, e descobrir qual é a história que estou contando.

Seu novo filme The Giant acabou de sair, o que te atraiu em sua personagem Olivia?
O que me atraiu em Olivia foi que ela era a amiga que sempre verificava todos os outros primeiro, embora ela tivesse suas próprias batalhas, ela estava lutando internamente. Eu entendo: às vezes é mais fácil ajudar outra pessoa do que lutar contra seus próprios demônios.

E como foi trabalhar com o diretor David Raboy, principalmente como diretor estreante?
David é ótimo. Este foi um projeto tão apaixonado e demorou uma década para construí-lo. Ele se importava profundamente com essa história e você podia sentir isso no set e lendo o roteiro.

The Giant é um dos muitos filmes independentes em que você trabalhou. Como a experiência difere de trabalhar na TV?
Eu amo indies. Eu amo a sensação de união, pelo menos em minhas experiências. Torna-se como uma família, especialmente quando você está no local. O que adoro na TV é que parece um filme prolongado. Eu adoro explorar arcos de personagem mais longos e que não acaba antes que você perceba.

Eu sei que você está de volta filmando Outer Banks, como tem sido filmar sob as restrições do COVID?
Definitivamente foi um ajuste, mas encontramos nosso ritmo. Estou muito grata que toda a nossa produção fez funcionar, apesar dos obstáculos. É bom estar de volta!

Alguma dica sobre o que está no menu da segunda temporada de Outer Banks?
Eu te diria, mas provavelmente seria processada…

The Giant agora está disponível em VOD e Digital da Vertical Entertainment.

Matéria: Hunger Magazine.

disclaimer
O Madelyn Cline Brasil é um fã site não-oficial, sem fins lucrativos, e não possui qualquer ligação com Madelyn, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo aqui apresentado, tais como notícias, traduções e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nós não reivindicamos direito de propriedade sobre nenhuma foto em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos e estão sendo usadas de acordo com a lei americana de Fair Use § 107.
Layout criado e desenvolvido por Lannie.D | Host: flaunt.nu