Seja bem-vindo ao Madelyn Cline Brasil, sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Madelyn Cline. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Somos um fã site não-oficial, sem fins lucrativos e não possuimos qualquer ligação com Madelyn Cline, sua família ou seus representantes. Esperamos que goste e volte sempre!

Por Lauren McCarthy (18 de novembro de 2020).

Uma das poucas coisas boas que surgiram em 2020 foi a chegada do drama adolescente imperdível da Netflix, Outer Banks – e com ele, um novo conjunto de jovens estrelas quentes para nos deixar obcecadas. Principal entre eles: Madelyn Cline. Como Sarah Cameron, a atriz americana de 22 anos retrata a garota boazinha do show que se tornou má, e graças a uma história de amor central com John B – Chase Stokes, – não é surpresa que ela rapidamente se tornou uma das favoritas dos fãs.

Enquanto a segunda temporada de Outer Banks está confirmada e em andamento, Cline pode ser vista em um papel ainda mais dramático em The Giant deste mêsO mistério / thriller, co-estrelado por Odessa Young, segue uma menina de uma pequena cidade que é pega em um assassinato local quando seu ex-namorado reaparece de repente na cidade. Aqui, Cline assume o NYLON Nineteen, falando sobre encontros ruins, primeiros shows e o que faz um bom thriller.

Qual é seu signo astrológico (e você acredita nele)?
Eu sou sagitariana. Não tenho certeza. Por um lado, acho que a mente humana busca automaticamente padrões na tentativa de encontrar ordem no que vê. Por outro lado, as correlações nesses padrões que ele encontra às vezes são estranhas. Gosto de pensar que há algo nisso.

Você acredita em fantasmas (e já viu algum)?
Isso pode parecer estranho, mas houve algumas circunstâncias em que senti alguém atrás de mim e também vi uma sombra e, quando me virei, não havia ninguém lá. Também senti uma mão no meu ombro ou nas minhas costas muitas vezes, quando ninguém estava me tocando. Eu definitivamente acredito que há muito mais do que vemos.

Qual é a bebida que você sempre pede? (E se for alcóolica, qual a cura para a ressaca?)
Recentemente, um dirty martini! Se eu realmente sair, uma vodka com Red Bull. Para curar a ressaca, se sei que irei beber naquela noite, tomo Pedialyte. E também tomo antes de dormir – se me lembrar.

Quem seriam os três headliners no festival de música dos seus sonhos?
Jimi Hendrix, The Beatles, Fleetwood Mac e Santana.

Qual é o lanche mais estranho que você faz?
Eu realmente não como um lanche estranho. Mas estou sempre comendo cheetos no set.

Qual é um mau hábito que você pretende consertar?
Roer minhas unhas. Tenho tentado consertar isso há 15 anos.

Qual foi a última toca de coelho da Internet que você abriu?
Documentos desclassificados da CIA sobre projeção astral e consciência.

Descreva seu pior encontro.
Ele me levou para um encontro no Moe e seu cartão foi recusado, então ele ligou para a mãe dele para pedir dinheiro e ela disse não. Então acabei levando ele no encontro.

Qual foi a última DM que você recebeu?
Minha mãe me enviando vídeos de cães. Eu a amo.

Se pudesse estar em qualquer videoclipe, qual seria?
Eu sinto que seria tão divertido poder voltar no tempo, quando os videoclipes estreavam pela primeira vez na MTV e estar em um para o Duran Duran.

Qual foi seu primeiro show e quais suas lembranças sobre ele?
Meu primeiro show foi da Hilary Duff quando eu tinha sete anos. Comi tantos bolos e bebi tantas raspadinhas que vomitei enquanto estava lá. Acho que ela estava cantando “Come Clean”.

Qual era seu filme favorito quando criança?
Só me lembro de assistir Mulan repetidamente.

Qual era seu user no AIM (AOL Instant Messenger)?
Acho que foi algo como Skippypeanutbutter97 (manteigadeamendoimfeliz97). Que vergonha.

Qual é seu meme ou piada favorita da Internet?
A maioria dos Tik Toks ao som de “flauta de merda”. Se você não está familiarizado, faça um favor a si mesmo e procure o som e os vídeos abaixo dele.

Qual é a música que você houve após terminar um relacionamento?
“Short and Sweet” de Brittany Howard.

Qual é o seu visual favorito de um Red Carpet usado por outra pessoa?
Os looks de Rihanna em 2015, 2017 e 2018 Met Gala.

O que todos deveriam comprar que custa menor de 10 dólares?
Fita dupla face?

Qual a peça de roupa do colégio que você gostaria de ter mantido?
Nenhuma. Não sei o que estava pensando. Bermudas xadrez e mocassim???

O que faz um bom suspense / thriller?
Na minha opinião, qualquer coisa em camadas que realmente entre na sua cabeça e foda com ela. Haunting of Hill House fez isso comigo. Eu não conseguia parar de pensar nisso.

Matéria: Nylon 19.

Por Hunter Ingram (18 de setembro de 2020).

O verão americano pode estar terminando, mas as duas estrelas de Outer Banks da Netflix ainda estão trazendo o calor com um novo videoclipe filmado em Carolina Beach e Fort Fisher.

Chase Stokes e Madelyn Cline, um casal da vida real que estrelam como John B e Sarah na série de sucesso, se apaixonam novamente ao som do novo remix de Kygo do clássico hit de Donna Summer de 1979, “Hot Stuff”.

No videoclipe, lançado na sexta-feira, Stokes e Cline podem ser vistos dançando no The Fat Pelican e andando de bicicleta pelo histórico Fort Fisher State Historic Site e Carolina Beach State Park.

O projeto foi produzido pela Lighthouse Films em Wilmington, que conseguiu o emprego após se conectar com Jonas Pate, um residente local que também é o co-criador, escritor e diretor de Outer Banks.

“Jonas é um grande cara e ele realmente quer trazer muitos filmes de volta para Wilmington, e nós ficamos emocionados por fazer parte disso”, disse Brad Walker, proprietário da Lighthouse Films e diretor de fotografia do videoclipe.

O videoclipe foi gravado no final de julho, sob estritas condições da COVID-19. Walker disse que, em conjunto, eles tinham um oficial designado encarregado de garantir que os protocolos estavam sendo seguidos, apelidado de “Capitão COVID”.

Máscaras foram usadas por todos e padrões de distanciamento social foram seguidos. Mas isso não significava que eles não pudessem ao máximo a chance de produzir um videoclipe para um dos produtores musicais mais prolíficos e populares do mundo, estrelado por duas das jovens estrelas mais quentes da Netflix.

Walker disse que Pate trouxe o projeto para a Lighthouse, mas confiou neles para executar o conceito, concebido pelo diretor Bo Webb, que é inspirado na letra de abertura da música – “Sittin’ here eatin’ my heart out waitin’, waitin’ for some lover to call.”

A história segue uma jovem (Cline) esperando por um jovem (Stokes) sob as árvores sopradas pelo vento de Fort Fisher, que a puxa para uma festa de dança para duas pessoas no The Fat Pelican e um passeio alegre em uma bicicleta retrô.

“Bo realmente teve uma visão para este videoclipe e nós conseguimos trazê-la à realidade”, disse Walker. “Ele também é o operador da câmera A em ‘Outer Banks’, então ele já conhecia (Chase e Madelyn) e tinha um relacionamento com eles…o que tornou tudo divertido.”

A vibração eclética do Fat Pelican permitiu à produção brincar com iluminação colorida para definir o pano de fundo para as cenas de dança de Stokes e Cline. “Nós realmente pudemos brincar nesses locais e pendurar todos os tipos de luzes para criar essa vibe dos anos 70”, disse Walker. “Foi como entrar no sonho de um decorador de arte.”

Para contribuir com a vibe do throwback, Walker usou uma câmera portátil Bolex 1954 para filmar, a fim de capturar imagens em estilo strip para o vídeo e os teasers promocionais que a Lighthouse Films postou nas redes sociais até o lançamento.

O videoclipe chega quando Stokes e Cline começam a produção da segunda temporada de Outer Banks em Charleston. Pate esperava anteriormente filmar a série em Wilmington, o que ele imaginou quando escreveu a primeira temporada. A série deve retornar em 2021.

Confira as stills, fotos dos bastidores e as screencaps em nossa galeria.

Matéria: StarNews Online.

Winnie, Betty and… é o novo episódio da série de podcasts da Must B Nice inspirada no nosso ‘novo normal’. Foi escrito por Lily Houghton e estrelou Madelyn Cline (Outer Banks), Sydney Sweeney (Euphoria) e Shannon Purser (Stranger Things) com uma partitura original de Giullian Yao Gioiello.

O curta conta com a história de duas amigas afastadas são forçadas a se reconectar quando uma delas começa a trabalhar para o terapeuta virtual da outra.

Estamos vivendo tempos sem precedentes. Não sabemos muito sobre o que os próximos meses nos reservam, mas o que sabemos é o seguinte: você não está sozinho. É por isso a Must B Nice pediu aos seus contadores de histórias favoritos para contar histórias narrativas inspiradas em nosso ‘novo normal’. A série de podcasts se chama Day by Day. No último mês, eles contaram diversas histórias para ajudar as pessoas à lidarem com essa nova fase da vida. A série foi produzida por Adam Faze e Jamie Dolan com mixagem e design de som por Becket Cerny.

O objetivo principal do episódio Winnie, Berry and… é arrecadar dinheiro para o To Write Love on Her Arms, que apoia os que sofrem de depressão, dependência e lesões pessoais, conectando-os a centros de tratamento, grupos de apoio e outros recursos. Para doar, visite www.twloha.com ou, se você puder usar alguém para conversar, envie TWLOHA para 741741.

A série de podcasts já está disponível em diversas plataformas. Para conferir, clique aqui.

De Boy Erased da Focus Features a Stranger Things da Netflix e Vice Principals da HBO, Madelyn Cline deixou sua marca em uma variedade de projetos populares nos últimos três anos. Saltando entre cinema e televisão, ela estrelou recentemente com Sofia Hublitz em What Breaks the Ice. Cline será vista em seguida no filme selecionado pelo TIFF The Giant, ao lado de Odessa Young, e Once Upon a Time in Staten Island da Blumhouse, ao lado de Naomi Watts.

Madelyn conquistou o mundo com o seu co-protagonismo na série Outer Banks da Netflix, que continua sendo uma das sete principais séries da plataforma. Ela participou de um webinar da Guests & Gusto para falar mais sobre seus projetos e carreira criativa.

Durante a conversa, ela conta como foi o processo de seleção para Outer Banks. “Tenho um bom relacionamento com a pessoa que estava selecionando o elenco, e ela ligou para minha agente contando sobre a história. Inicialmente achei estranha, mas acabei lendo o roteiro e gostando muito. Era para eu fazer teste como Kiara, mas no final das contas eu acabei ficando com o papel de Sarah, que me deixou muito feliz. Fui até Charleston fazer a audição, e conheci Jonas (sem saber). Imediatamente me dei bem com ele e Lilah, sua filha. Depois disso o processo foi bem rápido.”

Sobre videos de audição, ela expressa: “Não goto de me filmar sozinha para as audições. Não é uma coisa natural. Mas já que temos que passar por isso…coisas que me deixam mais à vontade nessa situação: brincar com o espaço que eu tenho. Se no roteiro está escrito que você levanta, na fita você levanta também. Não fica só sentada e parada. Olha para os lados como se estivesse realmente alguém com você, gesticula bastante. Mesmo agora, durante a live, estou mexendo muito nas minhas mãos. Isso me deixa mais humanizada. Acaba deixando a coisa mais natural e fácil para mim, então esses são meus truques.”

Quando perguntada sobre o sucesso de Outer Banks, ela afirma: “O que mais chama atenção das pessoas é a nossa química como elenco. A pessoa que contratou esse específico cast fez um ótimo trabalho. Literalmente, o que você vê na tela é o resultado da nossa amizade fora dela. Nos demos tão bem e viramos praticamente uma família, e o fato de estarmos passando por tudo isso – o sucesso da série – juntos só deixa tudo melhor.”

Confira o video completo:

disclaimer
O Madelyn Cline Brasil é um fã site não-oficial, sem fins lucrativos, e não possui qualquer ligação com Madelyn, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo aqui apresentado, tais como notícias, traduções e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nós não reivindicamos direito de propriedade sobre nenhuma foto em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos e estão sendo usadas de acordo com a lei americana de Fair Use § 107.
Layout criado e desenvolvido por Lannie.D | Host: flaunt.nu